UnB: A Mulher Alvo e Seus Dez Amantes

JK_shopping_Happy_Hour_agosto_banner_superior_noticia-1 (3)
É fim de tarde. Assim como chega a noite sombria, a trupe de circo de horrores adentra a cidade e estaciona seus carros na praça para armar toda a sua estrutura: Casa de Horrores, Tiro ao alvo, Algodão Doce, Churros, Barraca da Florence… E no meio de suas rotinas e de tantos personagens bizarros, surge também uma funcionária da prefeitura com um ar frio e autoritário, uma figura que representa o Estado. O choque se estabelece quando ela impõe as regras e normas sociais que zelam pela verificação da instalação de seus aparelhos e se estes possuem elementos que ponham em risco a segurança dos artistas e dos espectadores. Entretanto, a companhia de artistas tem suas próprias regras, vivem na inversão de valores do status quo e em meio a uma crise entre seus integrantes. Logo, essa estranha presença apenas intensifica o caos e aumenta o drama preestabelecido.
111111111111111111111111111
Com ar surrealista e com pitadas de expressionismo, por parte da direção, o autor Matéi Visniec se inspira no Théâtre du Grand-Guignol para construir a dramaturgia de A Mulher Alvo e Seus Dez Amantes. Ademais, o espetáculo propõe uma reflexão sobre dois tipos de memória: “sapato” ou “guarda- chuva”. Venha descobrir que tipo de memória é a tua com essa inusitada trupe circense.
SERVIÇO

Espetáculo “A Mulher Alvo e Seus Dez Amantes
Dias: 10, 11 e 12 de dezembro de 2018.
Local: Departamento de Artes Cênicas – Universidade de Brasília (Asa Norte)
Horário: segunda, terça e quarta, sempre às 20h.
Ingressos: Entrada franca
Classificação indicativa: 14 anos.
Duração: 1h30

Informações: 61 98212-3464
CSS

Add your Biographical Info and they will appear here.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *