Setor P Sul, em Ceilândia, faz abaixo assinado eletrônico pela reforma do CEM 10

111111111111111111111

Comunidade, pais, alunos, funcionários e professores do CEM 10, no Setor P Sul, em Ceilândia, DF, já estão cansados de realizarem manifestações visando sensibilizar as autoridades do Governo do Distrito Federal quanto a situação do Centro de Ensino Médio (CEM) 10 de Ceilândia. A escola pública se encontra fechada desde maio de 2016 para obras e até agora nada foi resolvido.

444444444444444444444444444

A tão esperada reforma da escola visa resolver problemas nas instalações e estruturais do equipamento público de ensino. Cerca de 700 alunos são deslocados no ano letivo para o Centro de Ensino Fundamental (CEF) 29, no setor QNQ, no final de Ceilândia norte.

44444444444444444444444444444444444444

O transporte dos alunos vem sendo feito por meio de onibus escolar, mas pais se queixam da falta de segurança e riscos de vida que seus filhos são submetidos constantemente.

55555555555555555555555555555555555555555

Um outro fator preocupante é a crescente desistência dos alunos provocada indefinição do que será feito na escola e pela mudança de local de estudos. Para além, há os transtornos diários causados pela falta de infraestrutura que permita o desenvolvimento de atividades que motivem pedagogicamente os jovens alunos. Ademais, a distância entre a localidade de residência dos alunos e escola provisória vem ampliando a cada dia os diversos problemas educacionais inerentes da falta de encaminhamento para o caso. O CEM 10, como é chamado pelo alunos ou escola da 30 no P sul, tem quase 25 anos que foi entregue pelo governo Roriz a comunidade após ficar como um esqueleto de obra desde o governo José Aparecido.

444444444444444444444444444444444444444444

O GDF em todas as vezes que é convocado a falar sobre o assunto, afirma que os projetos complementares para a reforma da escola estão em fase de elaboração e que logo logo será aberta um processso licitatório e que assim que houver disponibilidade financeira fará a obra. Comunidade, pais, alunos, funcionários e professores, já não tem mais paciencia para esperar a reforma da escola. Alguns, afirmam, que tudo isso é falta de respeito com a educação de seus filhos.

4444444444444444444444444444444444444444444

Como não desistem da luta moradores do setor P Sul, lançaram um abaixo assinado eletrônico:  https://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/44200 que tem por objetivo mobilizar e reunir o maior número de manifestações a serem entregue a Secretaria de Educação do DF, parlamentares, imprensa e ao governador do DF, ibaneis Rocha, exigindo uma manifestação e providências imediatas sobre a reforma da escocla de ensino médio do P sul.

444444444444444444444444444444444444444

Segundo o calendario anual da Secretaria de Educação do DF, para o ano 2019, o inicio do ano letivo será dia 11 de fevereiro proximo, Comunidade, pais, alunos, funcionários e professores estão apreensivos em virtudes de não terem, novamente, nenhum posicionamento do governo frente a quase três anos sem saber o que irá acontecer com o CEM 10. Professsores, denunciam, que enquanto isso os espaços fisicos da escola se deterioram e a reforma fica mais dificil e cara.

444444444444444444444444444444444444444444444

Se você quer colaborar com a luta da comunidade, pais, alunos, funcionários e professores, assine o abaixo assinado! Compartilhe com  maior numero de pessoas nas suas redes sociais e peça a elas que se juntarem à corrente por  uma educação de qualidade para todos.

PARA CONTRIBUIR E ASSINAR, ACESSE:  https://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/44200

Fotos: Rede Social de Bartiria Monteiro

,

CSS

Add your Biographical Info and they will appear here.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *