BRB lança nova versão de aplicativo para celular

Apesar de o lançamento oficial só ocorrer em 28 de agosto, os clientes do Banco de Brasília (BRB) já podem baixar a nova versão do aplicativo BRB Mobile. Com uma tela inicial simplificada, será possível acessar contas, pagar documentos com códigos de barras, consultar saldos, extratos e lançamentos futuros, fazer transferências, aplicar em fundos e quitar a fatura do cartão de crédito.

1111111111111111111111111111111111

No modelo anterior, o cidadão navegava em um site responsivo, ou seja, o leiaute do portal da internet era adaptado para o formato dos celulares e dos tablet. A novidade está disponível para os sistemas Android e iOS, e pode ser instalada gratuitamente pela Google Play ou pela App Store. O banco ainda não tem uma perspectiva de quantos correntistas serão beneficiados com o aplicativo, mas acredita que grande parte dos cerca de 500 mil clientes tenham acesso a ele.

Segundo o diretor de tecnologia do BRB, Gustavo Oliveira, em outubro será lançado o novo internet banking. A plataforma terá sistema diferenciado, novos serviços e acesso mais rápido e seguro. “A ideia é investir em inovação para consolidar o posicionamento da instituição no ambiente virtual”, afirma.

CEB
Desde a quarta-feira (12), a Companhia Energética de Brasília (CEB) colocou em funcionamento o CEB Mobile. Desenvolvido pelo Departamento de Tecnologia da Informação da empresa, a ferramenta possibilitará que os clientes peçam a religação da energia em caso de interrupção dos serviços, a segunda via da conta, o código de barras para pagamento da fatura e comuniquem a falta de luz. Tudo pelo smartphone.

O programa é gratuito e está disponível para as plataformas Android, iOS e Windows Phone. Para instalar, basta acessar a loja virtual e digitar no campo de pesquisas CEB Distribuição.

Ao acessar as viabilidades do CEB Mobile é preciso ter o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF) do titular e o código da unidade consumidora — casa, apartamento, empreendimento comercial e afins. A informação fica no canto superior direito da conta de luz. Assim que o usuário obtém o serviço, recebe um número de protocolo referente ao pedido. Todo o histórico de solicitações fica armazenado no software.

Ao receber a solicitação de religamento ou a comunicação da falta de energia, por exemplo, a central do órgão verifica a ocorrência e envia uma viatura ao local do chamado para solucionar o problema, se for o caso. A proposta é minimizar a burocracia na prestação do serviço.

A CEB acredita que o suporte vai facilitar o dia a dia dos clientes. “Existe uma equipe trabalhando para desenvolver outras possibilidades de uso”, conta o diretor-comercial da empresa, Maurício Velloso. Em breve, informações educativas sobre segurança estarão disponíveis. “Essa medida faz parte de um planejamento para oferecer mais opções de escolha ao cliente”, enfatiza Velloso. A companhia já conta com os serviços de atendimento nas agências regionais, nos postos do Na Hora e pelo telefone 116.

Com base em dados da Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica, cerca de 47% dos consumidores têm celulares capazes de suportar essa tecnologia. Como a CEB tem cerca de um milhão de clientes em todo o Distrito Federal, o diretor aposta que quase metade deve ser beneficiada com o software.

Detran
Desde o dia 3, o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) lançou um aplicativo para smartphones com sistema operacional Android. Por meio dele, é possível consultar a pontuação na Carteira Nacional de Habilitação, as condições de licenciamento do veículo, o resultado de bancas examinadoras e de multas, a emissão de boletos de serviços ou multas, os telefones dos departamentos do Detran, os endereços de clínicas examinadoras e as notícias integradas ao site do órgão. Foram criadas duas funcionalidades: a emissão de licenciamento e o georeferenciamento (localização via satélite) das unidades.

“Muitas opções da versão anterior não funcionavam, mas ao longo do ano fizemos adaptações para a retomada dessas funções”, explica o diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação, Raul Coelho Soares. De acordo com ele, apenas neste ano, mais de 603 mil documentos de veículos foram enviados para casa dos proprietários de veículos. “O aplicativo ajuda a acompanhar a situação dessa documentação.”

CSS

Add your Biographical Info and they will appear here.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *