Polo JK em Santa Maria ganha subestação de energia elétrica e rede de drenagem

11111111111111111111111111bannerJK1

Com o objetivo de promover a retomada do desenvolvimento econômico do Distrito Federal, o Executivo local concretizou mais uma iniciativa para estimular o setor produtivo da capital do País.

 
111111111111111111111111poloJK

O governo de Brasília construirá uma subestação de energia elétrica e a rede de drenagem de águas pluviais no Polo JK, em Santa Maria. Os editais para a licitação das obras foram assinados na manhã desta segunda-feira (15) pelo governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg.

Serão investidos R$ 46 milhões na rede de drenagem e R$ 14 milhões na subestação, provenientes de uma parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). A expectativa é que o resultado da licitação saia em até 90 dias.

“Serão investidos R$ 184 milhões aqui e em outras áreas de desenvolvimento econômico para proporcionar infraestrutura adequada para o setor produtivo”Rodrigo Rollemberg, governador de Brasília

As obras integram o Programa de Desenvolvimento Econômico do Distrito Federal, o Pro-Cidades, que conta atualmente com o montante de US$ 71.430 e ainda prevê benfeitorias nas Áreas de Desenvolvimento Econômico do Gama e de Ceilândia.

“Serão investidos R$ 184 milhões aqui e em outras áreas de desenvolvimento econômico para proporcionar infraestrutura adequada para o setor produtivo”, disse Rollemberg.

As intervenções no Polo JK colocarão fim a problemas antigos apontados por empresários, como queda de energia, queima de equipamentos e alagamentos.

Segundo o diretor de Expansão e Logística do Fujioka, Katsume Fujioka, a rede elétrica disponível hoje é insuficiente. Para permanecer na área, foi preciso investir em um gerador no galpão da empresa. “Com certeza esses investimentos vão nos trazer até mais economia.”

O governador explicou na manhã de hoje que os investimentos que visam à retomada do desenvolvimento econômico, com a criação de emprego e renda, são prioridade nesta segunda fase da sua gestão.

Ele citou a recente regularização da Lei dos Puxadinhos da Asa Norte, a assinatura do decreto que autoriza a venda direta de terrenos em condomínios e as obras de infraestrutura do Sol Nascente, em Ceilândia, e de Vicente Pires.

Além disso, Rollemberg quer tornar os processos de concessão de habite-se, de liberação de construção e de licenciamento ambiental ainda mais ágeis.

EDIÇÃO: PAULA OLIVEIRA

CSS

Add your Biographical Info and they will appear here.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *