Tarifa do racionamento de água no DF irá financiar captação do volume morto de barragens

11111111111111111111111111bannerJK1

A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) definiu onde investirá parte do recurso arrecadado com a tarifa de contingência, que vigorou em Brasília de outubro de 2016 a 1º de junho de 2017.

Caesb destinará parte dos R$ 41 milhões arrecadados com a taxa para obras no Reservatório do Descoberto que permitam a utilização do volume morto — reserva técnica de água que fica abaixo dos canos de captação.
Caesb destinará parte dos R$ 41 milhões arrecadados com a taxa para obras no Reservatório do Descoberto que permitam a utilização do volume morto — reserva técnica de água que fica abaixo dos canos de captação. Foto: Tony Winston/Agência Brasília

Aplicada aos moradores que consumiram mais de 10 metros cúbicos de água por mês, a taxa fez com que a Caesb arrecadasse R$ 41 milhões (valor líquido) até abril deste ano — os números de maio ainda não foram fechados.

Desse montante, aproximadamente R$ 28 milhões serão destinados a campanhas educativas e a obras de modernização de sistemas de abastecimento da capital do País.

Segundo o presidente da Caesb, Maurício Luduvice, R$ 15,6 milhões servirão para adaptar a Estação de Tratamento de Água (ETA) de Brasília, na Asa Norte.

O projeto consiste em readequar a estação elevatória da ETA, de modo que ela tenha condições de fazer a transposição de água do reservatório do sistema Torto-Santa Maria para o do Descoberto, uma vez que a captação do Lago Paranoá e do Subsistema do Bananal vai minimizar a vazão do Torto-Santa Maria.

Para isso, a Caesb vai comprar novas bombas, aumentar a quantidade de tubulações e reforçar o quadro elétrico da estação.

“O Bananal e o Lago Paranoá estão mais perto da Bacia de Santa Maria. Então, aumentando a capacidade de produção de Santa Maria, poderemos aplicar uma escada: transferimos do Bananal e do Lago Paranoá para o sistema de Santa Maria e de Santa Maria para o Descoberto”, explicou Luduvice.

111111111111111111111111Morto

Outros R$ 9,3 milhões devem ser destinados para obras que permitam a utilização do volume morto — reserva técnica de água que fica abaixo dos canos de captação — do Reservatório do Descoberto.

Investimentos em campanhas sobre uso racional de água

Os recursos auferidos com a tarifa de contingência também vão fomentar campanhas sobre uso racional de água. Neste primeiro momento, serão cerca de R$ 2,7 milhões para essa finalidade.

R$ 2,7 milhõesMontante a ser usado em campanhas sobre uso racional de água

“A situação ainda é muito delicada e, partir de agora, o que vamos fazer é a gestão de estoque de água acumulada no período chuvoso. Então, a sociedade tem de manter a política de economia e evitar desperdício”, destacou o presidente da Caesb.

O restante do dinheiro vindo da tarifa de contingência será usado com base nas demandas que surgirem. As intervenções propostas pela Caesb dependem de aprovação da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa-DF).

Combate à ocupação irregular do solo para preservar recurso hídrico

Além da tarifa de contingência, outra estratégia do governo de Brasília para evitar perdas de água é combater a grilagem de terras públicas.

“O combate à ocupação irregular do solo é importante porque preserva as captações de água onde gatos são feitos, provocando vazamentos”Rodrigo Rollemberg, governador de Brasília

Na abertura do 2º Seminário de Combate à Grilagem de Terras Públicas no Distrito Federal, o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, ressaltou que a presença de edificações em áreas inadequadas sobrecarrega os canais de distribuição da Caesb e acarreta prejuízos.

“Nesse sentido, o combate à ocupação irregular do solo é importante porque preserva as captações de água onde gatos são feitos, provocando vazamentos”, disse o governador, nesta terça-feira (6).

EDIÇÃO: RAQUEL FLORES

CSS

Add your Biographical Info and they will appear here.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *