Decreto do GDF que pune discriminação por orientação sexual é revogado pela CLDF

11111111111111111111111111bannerJK1

Decisão da Câmara Legislativa revogou o decreto do Executivo local que regulamentava da lei que determinava sanções a práticas discriminatórias em razão da orientação sexual levou à troca do líder do governo no parlamento.

O documento foi assinado na sexta-feira (23) e revogado pelos distritais na segunda-feira (27), em sessão fora da Câmara. O atual líder, Rodrigo Delmasso (Podemos), membro da igreja evangélica Sara Nossa Terra, votou a favor do decreto legislativo que derrubou o do governo.

“Prevaleceu a religião, e nós estamos no século 21. Precisamos de uma Brasília cidadã, com respeito às diversidades”Rodrigo Rollemberg, governador de Brasília

O texto do Executivo regulamenta a Lei 2.615, de 26 de outubro de 2000. O governador Rodrigo Rollemberg, na época deputado distrital, é um dos autores da norma. “Prevaleceu a religião, e nós estamos no século 21. Precisamos de uma Brasília cidadã, com respeito às diversidades”, disse Rollemberg na manhã desta quarta-feira (28), em visita às obras do Subsistema Produtor do Bananal.

A imagem pode conter: 12 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadas e pessoas em pé

O parlamentar do Podemos continua como líder do governo até 1º de julho, dia em que Agaciel Maia (PR) assumirá a função. O Executivo local vai recorrer na Justiça contra a ação da Câmara Legislativa.

CSS

Add your Biographical Info and they will appear here.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *