Um Raio X do sucesso do Pão mais falado do Setor P Sul em Ceilândia

11111111111111111111111111bannerJK1

Nos últimos dias uma onda empreendedora tomou conta do setor P Sul, em Ceilândia, Distrito Federal. O movimento empreendedor viralizou nas redes sociais e tem por nome o “rapaz do pão”. Grupos nas redes  sociais só queriam encontrar esse empreendedor e comprar o tão famoso e melhor pão do bairro.

111111111111111111111111111pao

A portal Raioxdf, observando toda essa movimentação nas redes sociais foi em busca de encontrar esse “rapaz do pão” do setor P Sul. Ontem(06) os jornalistas do portal foram em busca desse empreendedor e com ajuda das redes sociais encontrou Johannes Silva(foto), 29a, formado em Engenharia Civil, morador do setor P sul, nascido em Picuí na Paraiba.

77777777777777777777777pao

Numa rápida conversa pelo whatsap foi possivel extrair do “rapaz do pão” um pouco dessa sua vertente para o mundo dos negócios que resgata tradições históricas dos padeiros e leiteiros que passavam antigamente de porta nas cidades do interior.

2222222222222222222222pao

Johannes Silva, o “rapaz do pão”, em uma rápida conversa, definiu a repercussão do negócio do pão de porta em porta assim: “o que tem acontecido é tudo em função de um pão de qualidade, que tem preço acessível, e a facilidade de entregar em casa em casa. Silva, concluiu: “o melhor marketing do mundo é o boca a boca são as pessoas que fizeram o rapaz do pão e não o contrário, confio no meu trabalho que é honesto, original e já tem sei espaço”.

3333333333333333333pao

Observando nas redes sociais o sucesso do “rapaz do pão” no Setor P Sul sob a ótica dos seus consumidores pode-se inferir que a notícia viral do pão do P sul evoca um pouco aos tempos, que infelizmente já não vivemos mais, onde tudo era mais tranquilo, sem drogas, sem violência. Tempos onde vizinhos se conheciam, eram solidários e o bem estar do outro era o que contava. A comodidade do pão de porta em porta, com boa qualidade, bom preço e aquele ar caseiro supre em parte a saudade dos tempos de mais coletividade e menos individualismo.

Vertentes empreendedoras do setor P Sul

Para os moradores do setor P Sul, a comunidade está repleta de pessoas empreendedora. O bairro tem revelado além do rapaz do pão, tem salões de beleza e manicure de alta qualidade, tem o amolador de alicate, tem a senhora do dindin, tem a costureira, tem a galera da pizza, tem o homem da pamonha, tem a galera da roupas e calcados, tem a vendedora de brincos, tem o chocolate quente na 26, jantinha no F da 36 e o acarajé da 34. E quando se fala em comida o cardapio é grande, desde o restaurante do veneza, o cardapio de frangos recheado e na brasa são variados. Produtos e serviços no bairro é sua marca, pois quase tudo o P sul já dispoe para atender a demanda da população
 O que tem por ai pelo Brasil

O empreender no Brasil

Empreender é o sonho de 38, 5 milhões de brasileiros, ou seja, 28% da população, segundo estudo publicado pelo Instituto DataPopular. Para muita gente, abrir o próprio negócio é a chance de complementar a renda ou mesmo tirar do papel um projeto que possa transformar a sua carreira.

O medo de falhar é uma preocupação recorrente, mas deve ser encarado como parte fundamental de um processo de aprendizado, percorrido por todo mundo que já “chegou lá” um dia. Empresas e marcas consolidadas, com produtos de sucesso no mercado e respeitadas pelo consumidor também já erraram, lançaram produtos que não deram certo e tiveram de ser descontinuados. Muitos empreendedores de sucesso também já tiveram que escutar de outras pessoas que suas ideias nunca virariam um negócio de sucesso.

Dados apresentados pela pesquisa Talento Brasileiro, realizada com um universo de 1,3 milhão de pessoas, mostram que pessoas com o Talento Empreendedor correspondem a 2,02% dos homens e 1,34% das mulheres em nossa população. Eles são assertivos, têm energia e entusiasmo como características comportamentais.

Fotos: Internet Facebook

CSS

Add your Biographical Info and they will appear here.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *